Arquivo | janeiro 2008

O Amor não é posse.

 

 

 

Amor não é posse.

 

Tentei pensar em um título mais original, mas não consegui. Tentei afirmar de outra forma, mas que outra forma de dizer isso que tantos se esquecem. O amor é um sentimento maravilhoso, que nos dá a sensação de complemento. Talvez seja isso que realmente sejamos, vazios em busca do complemento. Nosso complemento é o próximo e por isso tentamos a todo custo possuir esse complemento, quando o achamos tentamos fazer com que ele não mais se afaste de nós, então o podamos. Mas se fosse para estar aprisionado, porque teria nascido separado?
Mudamos quando sentimos esse sentimento, a vida parece ter mais sentido, parece realmente merecer ser vivida. Reverte toda aquela sensação de solidão, vazio, que tanto nos persegue, então nos lançamos a tentar manter esse amor junto de nós a qualquer custo. Muitas vezes o aprisionamos, mas não fazemos por mal, mas simplesmente por não o conhecer suficientemente. Não entendemos que a grande beleza desse sentimento é a liberdade. Ninguém ama por obrigação, ninguém ama por estar preso. Sentimos medo de deixar esse amor escapar, como se fosse areia entre os dedos. Então tentamos coloca-lo em uma gaiola, onde possamos sempre o ter no alcance dos nossos olhos e tentamos, inutilmente, alimenta-lo, damos carinho, amor, atenção e achamos que com isso ele está crescendo, sem corrermos o risco de que ele voe que nem um passarinho e pose em outro ninho. Só que, ao contrário, o amor começa a perecer, ele já não tem mais o mesmo brilho, ele nem parece nos complementar mais da mesma forma, então começamos a achar que ele anda fugindo da gaiola, reforçamos a prisão e ele termina por morrer. Ficamos a nos perguntar o que aconteceu. Se todos os dias tentamos alimenta-lo, mas parece que para ele nada era suficiente, é o que dizemos. Que grande besteira. Somos motivados pela posse, acreditamos que assim como um objeto qualquer, quanto mais guardado, mais seguro estará. Mas o amor é vida, e é de vida que ele se alimenta, o grande barato do amor é a liberdade de se querer aprisionar. É você poder seguir todos os caminhos possíveis, inundar todos os corações do mundo, mas preferir permanecer em apenas um.

Anúncios

Vem.

 

“ VEM ”

 

“Vem! Enlaça-me em teus braços! Vem! Aperta a minha mão!
Eu te perdôo porque te amo, é todo teu o meu coração.
Vem! Esquece o passado! Vem comigo caminhar!
Enxuga o pranto de mágoa e dor, escuta o canto do nosso amor…

 

Alma gêmea de minh’alma, redimida no Caminho…
Dois mil anos de aliança, de esperança e carinho…
Vem, querido companheiro de jornadas e esplendores,
Através da eternidade, luz eterna dos meus amores.

 

Vem! Vamos oferecer uma prece comovida
Ao Nazareno, com gratidão, por tanto amor em nossa vida…
Vem! Jesus está sorrindo nas paragens do infinito,
Abençoando nossa união. Vem, meu amor! Dá-me a tua mão.”

 

( João Cabete – ‘Biografia’ – 1919/1987 )

Um Homem também chora.

 
O que faz um ser humano ser digno não é o fato de deixar de chorar, ou de evitar se envolver num abraço.
 O que dá dignidade a um homem é a sua capacidade de amar, de se entregar, de se deixar levar pela emoção sadia. 
 
O cancioneiro popular, Gonzaguinha, retratou, através da música "Guerreiro Menino", essa realidade: 
 
Um homem também chora… 
 
Também deseja colo… Palavras amenas
 
Precisa de carinho, precisa de ternura
 
Precisa de um abraço da própria candura
 
Guerreiros são pessoas, são fortes, são frágeis
 
Guerreiros são meninos no fundo do peito
 
Precisam de um descanso
 
Precisam de um remanso 
 
Precisam de um sonho que os torne refeitos
 
É triste ver este homem guerreiro menino, com a barra de seu tempo por sobre seus ombros
 
Eu vejo que ele berra, eu vejo que ele sangra a dor que traz no peito, pois ama e ama 

 
Um homem se humilha, se castram seu sonho
 
Seu sonho é sua vida, e a vida é o trabalho
 
E sem o seu trabalho um homem não tem honra
 
E sem a sua honra, se morre, se mata. 

 
……………………………………………..
 
Hombridade não é sinônimo de dureza.
 
O homem está mergulhado num corpo masculino, mas é um filho de Deus como outro qualquer.
 
Um homem também chora…

 
Um homem também sente saudade…
 
Um homem também se entristece quando parte um ser querido..
 
Um homem também se equivoca, também de arrepende, também se sente só muitas vezes.

 
E, às vezes, a única maneira de aliviar um pouco o peito oprimido é deixar que as lágrimas jorrem com vontade.
 
Paulo de Tarso, o apóstolo, na luta para vencer-se a si mesmo, encontrava nas lágrimas uma forma de desabafo.
 
Aquele gigante do cristianismo deixava, nas horas difíceis, as lágrimas aliviarem seu coração oprimido. 


 
"A cada gota de pranto era um pouco de fel que expungia da alma, renovando-lhe as sensações de tranqüilidade e de alívio."
 
Jesus, o maior Homem de que se tem notícia, também chorou.
 
Pense nisso, e se sentir vontade ou necessidade, abra as comportas do peito e deixe que as lágrimas lavem e aliviem seu coração, sem medo de ser feliz.
 

 Frase extraída do livro Paulo e Estevão,

 Chico Xavier.


Ame.

 
 
 
Amar é uma decisão, não um sentimento;
-Amar é dedicação e entrega.

-Amar é um verbo e o fruto dessa ação é o amor.

  -O amor é um exercício de jardinagem:
 arranque o que faz mal, prepare o terreno,
semeie, seja paciente, regue e cuide.


Esteja preparado porque haverão pragas, secas ou excessos de chuvas, mas nem por isso abandone o seu jardim.
-Ame quem está ao teu lado, aceite-a,valorize-a, respeite-a, dê afeto e ternura, admire e compreenda-a.

 Ame!

POIS, A VIDA SEM AMOR, NÃO TEM SENTIDO.

O tempo não retorna.

 
Abraça-me porque o tempo passa e não retorna.
Aperta-me em teus abraços
Antes que eu me arrependa.

O tempo nunca se mostrou amigo,
Abraça-me e me faz esquecer o tempo.

O tempo esquece os sonhos
e passa por cima dos planos
e nossos sonhos se perdem.

O tempo passa e não volta o mesmo.
Abraça-me antes que tudo seja esquecido.

Aperta-me em seus braços
Antes que o lamento chegue.

Eu quero estar em seus braços
Para que o tempo passe por nós
Deixando-nos para sempre juntos…
Abraça-me porque o tempo passa e não retorna.

Nada é por acaso!

           
 
 Você entrou na minha vida tão repentinamente (mas, com certeza, não por acaso) e tanta coisa mudou.
Você é uma daquelas pessoas especiais que vem do nada, mas com certeza com uma missão definida, principalmente no que diz respeito a minha vida. 

Você me fez enxergar tanta coisa nova, fez mudar coisas dentro de mim e ao meu redor, por isso sei que você não veio por acaso.
Deus te colocou em minha vida para  que muitas coisas se transformassem. E eu agradeço a você e a ELE por isso.
Tudo têm um sentido. E os acontecimentos têm uma função dentro da nossa evolução interior.
 
Isso se chama desenvolvimento pessoal. Amadurecimento.
Dizem que o que procuramos são experiências que nos façam sentir que estamos vivos. Para uns, a jornada é curta e agradável, para outros, ela é acidentada e, alguns momentos, dá  vontade de desistir.
Ao contrário do que pensamos, é nesse momento que algo muito maior estará nos transformando em seres melhores.
Estamos aqui para aprender com a vida, não para sofrer.
À medida que ganhamos experiências, o mundo se descortina, nos abrimos.
Ninguém é igual a ninguém. E ninguém é completamente perfeito.
A vida coloca no nosso caminho apenas aquilo que conseguimos lidar, conforme vamos aprendendo  ela nos revela mais e mais.
Avançamos no caminho espiritual através de nossos relacionamentos.
Repare que nada é por acaso. Nós colocamos uma espécie de trilha que sempre esteve ali, à nossa espera.
A vida que nós temos que  viver é essa mesma. Nós não mudamos aquilo que não conseguimos encarar.
"Onde quer que você se encontre, é exatamente onde precisa estar neste momento.”“ Seja qual for o relacionamento que você atraiu para dentro de sua vida numa determinada época, ele foi exatamente aquilo que você precisava naquele momento.” Na verdade sempre haverá alguém esperando pela pessoa na qual nós estamos  nos transformando.
Talvez nós  ainda não estejamos  prontos  para reconhecê-la. Ou….. 
“Quando nós  estivermos prontos pra  fazer uma coisa nova, de maneira nova, nós o faremos."
A cada momento, cada um de nós passamos pelo processo de SER  e de SE TORNAR. Ainda  há muito a aprender e a ser realizado.
Apesar dos problemas, há esperança , fé, alegria e amor.
Deus sabe tudo que precisamos para evoluir, antes mesmo de nós.
Por isso agradeço sempre por tudo aquilo que me tornei, por tudo aquilo que você me proporcionou.
Todas as coisas que acontecem durante a nossa existência têm um sentido e nos ajudam a evoluir interiormente.

Isso chama-se AMOR.

Isso Se Chama Amor

 

 

Você surgiu como suave melodia trazida pela brisa; dilatou-se no silêncio de minha alma e fez-se moldura em meu viver.  
Isso se chama ventura…  
Há algo em você que transparece num olhar, como estrela no céu atapetado de astros e exterioriza-se num sorriso como canção tocada na harpa dos ventos.  
Isso se chama ternura…  
Sem olhar, você me percebe, sem falar você me diz, sem me tocar você me abraça…  
Isso se chama sensibilidade…  
Quando me perco em labirintos escuros você me mostra o caminho de volta..  
Quando exponho meus tantos defeitos, você faz de conta que não nota…  
Se enlouqueço, você me devolve a razão…  
Isso se chama compaixão…  
Nos dias em que as horas passam lentas, sem graça e sem luz, nos seus braços eu encontro alento.  
Quando os dias alegres de verão partem e em seu lugar chega o outono, cobrindo o chão com folhas secas, e o verde exuberante cede lugar ao cinza, nos seus braços encontro harmonia.  
Isso se chama aconchego…  
Quando você está longe, no espelho da saudade eu vejo refletida a certeza do reencontro.  
Nas noites sem estrelas, quando a escuridão envolve tudo em seu manto negro, você me aponta a carruagem da madrugada, que vem despertar o dia com suas carícias de luz..  
Isso se chama esperança.  
Quando as marés dos problemas parecem tragar em suas ondas as minhas forças, em seus braços encontro reconforto.  
Se as amarguras pairam sobre meus dias, trazendo desgosto e dor, sua presença me traz tranqüilidade.  
Você é um raio de sol, nos dias escuros…  
É ave graciosa que enfeita a amplidão azul…  
Você é alma e é coração.  
É poema e é canção…  
É ternura e dedicação…  
Nada impõe, tudo compreende, tudo perdoa…  
Sua companhia é doce melodia, é convite a viver…  
… E, tudo isso se chama amor!  
Surge depois que as nuvens ilusórias da paixão se desvanecem.  
Que a alma se mostra nua, sem enfeites, sem fantasias, sem máscaras…  
O amor é esse sentimento que brota todos os dias, como uma flor que explode de um botão ao mais sutil beijo do sol…  
Isso, sim, se chama amor…